28 junho 2012

Instrumentistas

Somos indomáveis,
capazes de destruir um elo.
Temos força 
que destrói um nó.

O ritmo, sem som,
existe nos instrumentos.
O silêncio me assusta,
não faz sentido,
não pertence ao desejado.

Pararei de tocar,
instrumentos serão uma deixa.
Pular o ritmo,
deixará o desfecho mais aceitável.

Esqueci  a que mundo pertencemos.

O som pertence ao nosso mundo,
a música cintila nos ares,
tocar é desnecessário.

Tudo nos une 
 e ficamos cada vez mais fortes.
Juntos aqui somos tão fortes 
quanto um abraço.

Somos novamente os heróis.
Postado por Thalia Melo

1 comentários:

Garota do Livro disse...

AAAI que perfeito, você que fez? adorei
Um beeeeeijo.
http://livrodagarota.blogspot.com.br/

Postar um comentário