19 junho 2012

Não sou eu, eu juro!

"Não sou eu, eu juro!" é um filme canadense lançado em 2008. Foi produzido e dirigido por Phillipe Falardeau e é adaptado dos romances de Bruno Hebert "C'est pas moi, je le jure!" e "Alice tribunal avec René". Tem como personagem principal Antoine L'Écuyer, interpretando Léon Doré. O filme aborda temas trágicos de um jeito leve e bem divertido...

Léon é uma criança difícil e bastante impulsiva. Passa por sérios problemas familiares e uma das soluções que ele encontra é se tornar rebelde. Logo no início do filme, Léon está pendurado na árvore de seu quintal tentando se enforcar, sem nenhuma razão aparente. Ao longo do filme, as tentativas de suidídio são recorrentes, principalmente após a partida de Madeleine Doré (interpretada por Suzanne Clément), sua mãe, que vai para Grécia, deixando para trás os dois filhos e o marido. 


O filme toma um rumo mais alegre quando Léa, vizinha de Léon que fora abandonada pelo pai e sofria pelos abusos de seu tio, o procura buscando ser sua amiga. Os dois se tornam cúmplices, compartilhando um mundo que era insuportável para ambos. Juntos eles vão tentar encontrar o pai de Léa,  comprar passagens para Grécia e descobrirão o primeiro amor e as dificuldades da vida.




 As cenas dos dois juntos encantam qualquer um. Desde o momento em que agem como adultos até os momentos em que são apenas crianças, inocentes e frágeis como a maioria das crianças são. Os dois descobrem que possuem algo em comum e buscam formas de "curar" a ausência e o abandono que ambos sofreram pelos pais, as pessoas que possuem a  maior importância na vida do ser humano.


Enfim, esse filme me cativou de primeira. Antoine L'Écuyer interpreta muito bem e fez de Léon um garoto atentado, mas ao mesmo tempo, adorável! A história é muito interessante, o filme é muito bem feito e a trilha sonora é maravilhosa. Tornou-se um dos meus favoritos.

(Trailer)
Postado por Ana!

18 comentários:

Carissinha disse...

Quero muito ver. Não tinha ouvido falar, mas sua crítica me deixou com muita, muita vontade. Parece lindo.

Beijos,

Carissa
http://artearoundtheworld.blogspot.com

Garota do Livro disse...

Aaai, fiquei com vontade de assistir ><
Obrigada por visitar meu blog, volte sempre ><
Um beijo, adorei seu post.
http://livrodagarota.blogspot.com

Lu Tazinazzo disse...

Nunca tinha ouvido falar nesse filme, na verdade, não acompanho o cinema canadense, mas adorei a dica! Vou procurar, parece ótimo e esse menino é muito fofo!

Abraços

Lu Tazinazzo
http://aceitaumleite.blogspot.com.br

Wagner Noya disse...

Nossa que super dica, não tenho o costume de ver filmes Canadense por isso achei super show essa dica. com certeza vou procurar ele. parece ser fantástico. já to seguindo teu blog, adorei teu cantinho.. da uma passadinha no meu?
>> http://estilo4u.blogspot.com.br/
bjão

Paula Araújo disse...

Fiquei com muita vontade de assistir. Adoro filmes assim.

http://justpaulablog.blogspot.com.br/
@justpaulla

Isa disse...

Vou procurar ele fiquei doidona pra
ver! Bjs Bjs escrita aqui!

http://candy-pimenta.blogspot.com.br/

Jacqueline Braga disse...

Parece ser um filme lindo e tmb muito triste.
Quero assistir
bjos

Julia G disse...

Parece ser um filme fofo, adorei a sinopse e as imagens das crianças.

Beijos

Sofia disse...

Oi Ana!

Nossa, meio que gelei com esse título, haha! Esse filme me parece bem triste, mas também muito legal! Adorei a dica!

Beijos
Lendo de Tudo

Vanessa disse...

Assim que terminei de ler sua postagem fui correndo procurar o filme para baixar, nunca tinha ouvido falar nele, mas me pareceu ser ótimo, acho que não vou encontrar nas locadoras aqui, então derrepente só na Net mesmo.

Beijão

Vanessa - http://balaiodelivros.blogspot.com/2012/06/divulgando-para-sempre-glaucia-santos.html

Juliana Bittencourt disse...

Fiquei com muita vontade de assistir, tava procurando alguns filmes e este me encantou.

http://fashiondreamsblog.blogspot.com.br

Amanda Cristina disse...

Nem conhecia o filme, mas já fiquei interessada! Parece ser bem forte e marcante... Isso de primeiro amor encanta qualquer um mesmo, né? Adorei o beijinho dos dois ali na imagem, hahahaha!

smallscrolls disse...

Que lindo! Parece ser muito emocionante. Adoro esse tipo de filme.
Xxx

Aymée Meira disse...

ahhh eu não conhecia, mas amei já só pelo post.
vou procurar por aqui '-'
beijos
amy - Macchiato

Luara Cardoso disse...

Gente, um filme canadense e ainda em francês? Ai, adoro isso. Já me apaixonei só por isso. Não conhecia mesmo esse filme, mas já entrou na galeria dos que pretendo ver em breve!

Um beijo,
Luara - Estante Vertical

Isabel disse...

uma amiga já havia me indicado, dizendo que é muito bom, mas sempre esquecia de procurar. já tá no torrent, agora :) enfim, adorei a escolha de fotos!

Portifolio das Letras - Juliana Martinelli disse...

Hey, te linkei tambem, e obrigada pela parceria!

Corre lá e leia a última parte do conto ''O Filho de Myers''

@littlepistols
http://portifoliodasletras.blogspot.com.br/

Bruna Mikaela Padilha disse...

Onde eu acho esse filme?

Postar um comentário