16 julho 2012

Atos e consequências

Sinto o peso dos meus passos,
retornar não será mais possível.
Sou uma inconsequente,
corro mais rápido que a lebre,
e meu coração explode.

Vivo para compreender as pessoas,
porém tudo é uma incógnita.

Serei frívola como o mundo
e minhas deixas 
ficaram marcadas no sangue.
Serei a aprendiz dos meus pesadelos.
Postado por Thalia Melo

5 comentários:

Sammy disse...

Achei muito legal o final " Serie a aprendiz dos meus pesadelos.", afinal aprendemos com o que nos assombra! Gostei bastante do poema, que ficou sombrio e cheio de beleza!

Bjs

www.daimaginacaoaescrita.com

Yara Andrade disse...

Nossa, eu gostei muito deste poema, ele é muito legal e como a Sammy disse no comentário acima, eu achei que ele ficou sombrio e cheio de beleza.
Beijos.

http://palavrasdeumlivro.blogspot.com.br/

Garota do Livro disse...

Que lindo esse poema *-*
Um beijo,


http://livrodagarota.blogspot.com.br/

Thalia Melo disse...

Muito obrigado... às vezes vocês conseguem captar coisas que eu mesma na hora que escrevo não entendo o porquê de ter escrito, simplesmente as palavras saem.

Juliana Bittencourt disse...

Que lindo texto , principalmente o final. Seus poemas são sempre encantadores.

Relembrando Sonhos

Postar um comentário