02 maio 2013

A...dor

Nasci errada e não sabia
pensei errado e escrevi.
Palavra sem significado,
hoje é um monstro.

Uma palavra, 
remédios,
sonhos 
e ah,
 realidade.

Como as pessoas conseguem falar sobre ela?
Já sei! 
Simplificando-a.

É fácil iludir-se 
Assim como sofrer.
O valor da queda 
é igual à dimensão desse sentimento.

Reinventá-lo seria 
amá-lo sem ter consequências
e pensar nessa possibilidade 
é senti-lo verdadeiramente.
Postado por Thalia Melo

2 comentários:

António Jesus Batalha disse...

Olá , seu blog é muito bom,
e desde já quero dar-lhe os parabéns, meu nome é:
António Batalha, e quero deixar-lhe um convite,
se quiser fazer parte de meus amigos virtuais no
blog Peregrino E Servo ficarei muito radiante.
Claro que irei retribuir seguindo também seu blog.
Deixo-lhe a minha bênção.

Pollyanna Campos disse...

Adorei seu poema... nos passa sentimentos sabe?! Me identifiquei muito...

Beijos!
@PollyanaCampos
Entre Livros e Personagens

Postar um comentário